simplesmente… Vinho 2017: o “salão off” que abre portas a novos negócios

O Porto acolhe, entre 24 e 25 de Fevereiro, a quinta edição do “simplesmente… Vinho”. Este evento “de nicho” reúne no Cais Novo, com o Douro como pano de fundo, 84 produtores de vinhos ditos artesanais.

O “salão off“, como o definem os organizadores, apontando-o como uma “manifestação de nicho, independente e alternativa”, vai juntar no Cais Novo, junto ao Museu do Vinho do Porto, produtores de “vinho que respeita a terra e os terroirs, as vinhas e as uvas, as pessoas e as tradições”, de acordo com a apresentação no site do evento.

Congregando 84 produtores convidados num mesmo espaço e num mesmo ideal de valorização do vinho pela sua qualidade natural, o “simplesmente… Vinho 2017” é uma oportunidade única para provar e ficar a conhecer melhor algumas das marcas representadas pela empresa Mimos d´Aldeia, nomeadamente João M. Barbosa (Tejo e Alentejo), Joaquim Arnaud (Alentejo), Olho Gordo (Dão), Pormenor (Douro Superior), Quinta das Bágeiras (Bairrada), Vale da Capucha (Lisboa) e Vieira de Sousa (Porto e Douro).

Com um portfólio de participações diversificado, este salão é um excelente palco para ficar a par do que melhor se faz no nicho dos vinhos artesanais e de produção biológica, com foco nos métodos tradicionais e na qualidade da pureza do produto que chega à mesa dos consumidores.

Desenrolando-se num ambiente descontraído e sem formalidades, com vinhos, petiscos, música e arte, abre portas ao estabelecimento de contactos e parcerias com alguns dos mais dinâmicos e mais inovadores projectos da actualidade da produção vinícola nacional.

Também é um espaço privilegiado para exploração do mercado e pode ser uma preciosa mais-valia para redefinir estratégias ou retirar orientações ou ideias para negócios futuros.

O salão é marcado pela presença de projectos assentes no espírito da tradição e que defendem o mínimo possível de interferências industrializadas, apostando nos conceitos da sustentabilidade e do biológico, áreas que têm grande potencial e que continuam em crescendo, em termos de investimento.

Algumas das marcas em destaque no evento têm já um lugar de referência no estrangeiro. E algumas têm até, maior implementação lá fora do que em Portugal. O “simplesmente… Vinho 2017” pode, deste modo, ajudar a abrir portas além-fronteiras, possibilitando também, oportunidades para estabelecer colaborações para dar às marcas o devido lugar no mercado nacional.

A abertura do salão ocorre pelas 16 horas, estando o encerramento previsto para as 22 horas.

Em Março, entre os dias 4 e 5, o “simplesmente… Vinho” leva os produtores até Barcelona, com o evento previsto para a galeria Nau Bostik, en La Sagrera.